Meia Maratona de Vitória em 360º

posted in: Corrida | 1

BSGU3704

BLR17MMV61149 BLR17MMV90688
No último domingo 17, fui convidado para comer um delicioso churrasco em Vitória-ES e aproveitei para correr a primeira edição da Meia Maratona. Eita, pera.. acho que foi o contrário. ;)

O ano de 2017 tá sendo massa! Corri a maratona dos mais desejada do mundo, a de Boston, corri pela terceira vez a ultramaratona de 100 km do frio e, de repente apareceu a oportunidade de correr a primeira edição da Meia Maratona de Vitória e me surpreendi!

006IMG_0588

A organização foi incrível! Excelente estrutura desde a entrega dos kits até a realização da prova. Não que eu esperasse algo diferente, mas deu pra perceber o quanto a prova foi feita com carinho. Tudo aquilo que nós corredores cobramos estava lá, sabe? Uma prova pensada e realizada por quem é do meio, por quem entende o que é preciso.

Fui pra prova como treino pra a minha 10º maratona que será no próximo dia 1º de outubro. Tinha visto que a altimetria não exigia muito então decidi uma estratégia bacana, correr sem medo. :P

Claro que corri filmando e fotografando, só que dessa vez o fiz com uma câmera 360º, da mesma forma que fiz em Boston.

FDCP5773

Foram vários vídeos em 360º então criei uma playlist e postei tudo no Youtube. Segue o link: https://goo.gl/QEr3M5

Abaixo o vídeo da minha chegada em 360º:

IMG_1180

A largada foi dada de 6h30 com um belo arco-íris sinalizando que o dia seria incrível! O clima estava bem agradável – segundo o garmin estava 18º -, a vibe incrível e a vontade de explorar correndo os belos lugares capixabas enorme!

Saímos da UFES e passamos por Maruípe, Jucutuquara, Centro, Sambão, Penedo e chegamos na bela Praça do Papa que proporciona uma bela vista!

Veja algumas fotos:

Se você estiver procurando uma meia maratona bem organizada para fazer tempo e correr por belos lugares, saiba que a Meia de Vitória é uma excelente opção.

E se ainda quiser participar de um churrasco após a prova com uma turma massa, cola na O2 Fit. É só uma dica! ;)

Corre que as inscrições já estão abertas para a edição de 2018!

http://meiamaratonadevitoria.com.br/

Se tudo der certo, farei o possível para estar lá novamente em 2018, só que dessa vez tentarei ir com a família. :)

A viagem rendeu uma excelente experiência, novas amizades e um churrasco massa! :)

003

Resultado da prova:

http://www.chiptiming.com.br/resultados/meiadevitoria2017

Mau Garmin:

https://connect.garmin.com/modern/activity/1982861295

Até a próxima. ;)

 

100 km do frio 2017 | 1º lugar na dupla mista

posted in: Corrida | 0

GPTempDownload

No último dia 5 de agosto, tive a incrível oportunidade de correr novamente a ultramaratona de 100 km do Frio.

Foi que, em 2015 corri meus primeiros 100 km solo e em 2016 realizei o Back to Back.

Como já tinha corrido a Maratona das Praias em março e a Maratona de Boston em abril, decidi correr os 100 km em dupla (50 km), afinal, precisaria descansar um pouco, né? :)

A minha dupla foi Irla. Essa menina é ousada demais, uai! Só tinha corrido apenas uma maratona (a das praias) e essa seria sua primeira Ultramaratona. Quando a convidei, ela aceitou a loucura de imediato. hahaha

Apesar do nome da prova ser Ultramatona de 100 km do Frio, o grande astro da prova foi o sol. Que calor! A largada para as duplas e quartetos foi dada de  5 horas da manhã e o clima até que estava agradável, cerca de 16ºC.

Nossa estratégia foi simples. Irla correria a primeira metade e eu a segunda. E assim foi.

O problema é que antes de Irla chegar no km 25 o clima já estava em aproximadamente 27ºC. Apesar de algumas intermináveis subidas e o enorme calor, ela manteve um ritmo excelente. Excelente!

« 2 of 2 »

Quando eu comecei a correr no segundo trecho, acho que o clima estava acima de 30ºC e a sensação térmica era de que cérebro estava fritando.

Ainda tentei manter um ritmo forte, mas não consegui sustentar por muito tempo, então me esforcei ao máximo pata fazer a primeira metade (25k) fortes e ver o que conseguiria fazer na segunda metade.

Foi difícil. Difícil demais! Porém, o desafio é sempre motivante. Lembrar que Cynthia, Júlia e André (ainda na barriga de Cynthia) estariam me esperando na linha de chegada dava um gás extra!.

No final, após subir e descer tantas vezes e estar com o cérebro assado (quase tostado), cruzamos a linha de chegada em 9 horas, 7 minutos e 25 segundos, Irla e eu conseguimos terminar em primeira colocação na dupla mista. :)

Mais uma vez Lula Holanda deu um show na realização do evento. Uma prova que é feita com tanto carinho não teria como dar errado e, ao longo dos anos, a prova só tem crescido! Parabéns, meu presidente!

Essa prova é linda demais! Essa foi a terceira vez que a corri e de longe foi a mais quente. Com belíssimas paisagens e um lindo espírito humano de solidariedade, a prova tem se firmado no calendário daqueles que correm por prazer.

Em quanto eu puder, estarei lá correndo. ;)

Por que eu corro?

posted in: Treino | 2

 

No último sábado 13 de maio fiz um longão massa! Foi tão bom que resolvi criar esse vídeo.

Eu não corro pra ficar mais rápido, muito menos competir. Correr é bom demais! Conhecer novos lugares, conhecer lugares que eu achava que conhecia, ver lindas paisagens, conhecer melhor as ruas por onde passo, sentir o coração bater forte, sentir a respiração ofegante… Enfim, sentir a vida enquanto corro é o que me faz correr.

Se você gostar do vídeo, curta lá e assina o canal, tá? Link para assinar http://goo.gl/Ot3z2r

E você, por que corre?

 

Receita: Pudim de chocolate low-carb

pudim-chocolate-low-carb-com-cafe

Conheço muita gente que reclama demais porque comer bem low-carb, é difícil, não dá pra variar, não é gostoso etc.

Faço questão de compartilhar em meu perfil no Instagram (@andreburgos) como é fácil, gostoso e barato comer bem.

Fiz essa receita e a repercussão foi muito boa. Então…

Coisa boa precisa ser compartilhada, né? Então anota aí:

Ingredientes:

3 ovos
200 ml de creme de leite
2 colheres de sopa de cacau em pó
12 gotas de essência de baunilha
27 gotas de sucralose

Modo de preparo:

Misturei tudo com a ajuda de um mixer, coloquei nas forminhas e levei ao forno a 190º por 25 minutos.

Rendeu 6 porções.

Para a cobertura eu derreti 1 quadradinho de chocolate 85% e misturei com um pouco de manteiga. E só!

Bom apetite. ;)

Maratona de Boston, low carb e sub 3

posted in: Boston, Low Carb | 0

MUITA gente vem me perguntando como foi minha alimentação antes e durante a Maratona de Boston. Fiz um vídeo contando o “segredo”. ;)

Quem me acompanha sabe que há quase 1 ano e meio eu venho me alimentando de “comida de verdade”, ou seja, priorizo alimentos da natureza e evito ao máximo alimentos industrializados.

Mas por que isso?

Bem, de lá pra cá eu não sinto mais dor de cabeça, rinite, sinusite, alergia, asma, gripe, resfriado, minha disposição no dia-a-dia melhorou, meu sono está muito melhor, a resistência e disposição em treinos e provas tiveram um ganho enorme e a recuperação após treinos e provas é incrível! Ah! Claro que as taxas estão excelentes.

Há alguns meses fiz esse vídeo pra compartilhar essa experiência:

Como falei no primeiro vídeo, me baseio na história evolutiva do homem. Se nossos genes levam de 40 a 70 mil anos pra se adaptarem a uma condição, nosso corpo está plenamente acostumado a lidar com alimentos no qual nossos ancestrais consumiam entre o Paleolítico e o período pré-agricultura, foram mas de 2,5 milhões de anos. E nossos genes ainda não “aprenderam” a lidar com os “alimentos recentes”, são eles: industrializados, farináceos, açucares, óleos vegetais, margarinas etc. E se alguma dúvida ainda persistir, pesquiso por artigos científicos aqui => pubmed.com

Nenhum animal existe para engordar e/ou adoecer. É claro! Procuro me alimentar de comida de verdade com um único objetivo: envelhecer com saúde.

Maratona de Boston 2017 em 360º, a realização de um sonho e a conquista do sub 3h

posted in: Boston, Corrida | 0
Eu passaria dias falando sobre essa maratona. De como ela é especial para as cidades que estão no percurso e como isso contagia os maratonistas. Ver crianças, jovens, adultos e idosos nas calçadas para incentivar, acompanhar, ajudar etc. É incrível! Essa é a maratona mais antiga do mundo tirando a maratona olímpica. Em 2017 foi realizada a edição de 121. Fazer parte dessa história me deixa muito orgulhoso.

Foi muito difícil conseguir realizar esse sonho. Desde a Maratona de Porto Alegre em 2016 quando obtive o índice até conseguir juntar dinheiro para conseguir viabilizar. Fiz rifa, recebi doações de amigos, desconhecidos e algumas entidades que abraçaram a causa. Devo MUITO a todos. Muito mesmo. E para retribuir, decidi registrar essa experiência de maneira especial. Através de uma parceria com a 360Fly consegui uma câmera que filma em 360º e em 4k. Obrigado, rapaziada!

 

Para começar a relatar a experiência, veja abaixo o vídeo da chegada em 360º. Após 2 horas, 55 minutos e 10 segundos (meu recorde pessoal) cruzei a linha de chegada transbordando de emoção e segurando as lágrimas. Só uma observação: meu último km da prova foi o mais rápido. Fechei o 42º km em 3’47″.

 

Voltando um pouco… A emoção já começou na confirmação da inscrição. Receber o email da organização aceitando a inscrição fez o coração tremer. :) Mas, quando pegamos o kit e visitamos a Expo, hum… ali a gente percebe que realmente o sonho está se tornando realizado e sente o quanto a organização faz tudo com muito carinho.

Estrutura e organização impecáveis! Não enfrentei fila em nenhum momento. E lembro que foram cerca de 30 mil inscritos! A Expo é enorme! Tem tudo para corredores, desde produtos alimentícios, relógios com gps, cintos de hidratação, suplementos, óculos esportivos,  até o principal: acessórios de corrida!

Claro que fiz um pequeno passeio por lá em 360º. Veja abaixo:

 

É lindo como a cidade vive a maratona. Cerca de dois dias antes do início da Expo, flores e mensagens foram espalhadas pela cidade em memória das vítimas do atentado de 2013.

 

 

Como a largada da prova é em Hopkinton, uma cidade que fica a 42 km de Boston, a organização oferece transporte gratuito para lá. Meu curral foi o primeiro, então eu precisaria pegar o transporte até às 6h40 no Boston Common para lá. Precisei pegar o metrô cedo para deixar algumas roupas no guarda volume e entrar no ônibus e seguir para a largada.

O transporte nos deixa na Vila dos Atletas onde encontramos TUDO o que precisamos. Banheiros, bebidas quentes e geladas, frutas etc.

 

Lá aguardamos cerca de 1h45 até a largada. Claro que a emoção continua. Já no curral acompanhamos o hino nacional e, após o final dois jatos passaram bem próximos a nós. Os olhos começaram a lacrimejar.

Então foi dada a largada. Confira em 360º:

Não consigo descrever como é emocionante correr essa prova. Milhares de pessoas vão às ruas. Elas são parte da prova. É emocionante demais!

Veja mais alguns vídeos da prova em 360º:

 

Subindo a Heartbreak Hill. Veja em 360º:

 

 

Passando pelo Wellesley College. Veja em 360º:

 

Chegando no km 40 eu já tinha certeza que conseguiria não apenas meu recorde pessoal, mas o tão incrível sub 3. Terminar uma maratona abaixo de 3 horas é algo muito desejado por maratonistas amadores e eu achava que nunca alcançaria essa marca. E ali, logo em Boston, eu consegui. :D

Depois de tanto esforço para correr essa prova, tudo foi incrível, inesquecível!

Queria escrever MUITO mais, talvez até escreva. Mas, para transmitir de maneira mais fiel a fantástica sensação de correr essa prova, fiz vários vídeos em 360º e os compartilho aqui. Sinceramente espero que esse conteúdo transmita um pouco da emoção que vivi.

O registro do meu Garmin: 

Muito obrigado!

#BeBoston #BostonStrong

13k pelo Central Park e Times Square | Treino de Hoje

posted in: Treino | 0
Hoje fiz um treino muito bacana passando pelo Central Park e Times Square. Foram 13 km passando por paisagens bem incomuns.

O Central Park é incrível! Ele respira boas energias e muita história. Saí do hotel que fica na Times Square ainda escuro. Eram pouco mais de 6 horas e o excesso de painéis luminosos faz parecer que ali não anoitece.

Foram cerca de 2,5 km até chegar no Central Park. Lugar incrível! E correr por lá enquanto o dia amanhece é massa! :)

E que venha a maratona de Boston! :)

Longão na Corrida das Pontes de olho na Maratona de Boston

posted in: Boston, Corrida | 0

IMG_1909
Em 2013, há exatos 4 anos eu corria minha primeira corrida de rua, a Corrida das Pontes.

Foi ali que percebi que poderia ir muito além do que pensava. Estava mais de 30kg acima do peso e terminei os 10 km em 1h24 e fiquei entre os 30 últimos. Mesmo assim terminei MUITO feliz.

longão de 21km por ladeiras
longão de 21km por ladeiras
longão de 21km por ladeiras
longão de 21km por ladeiras

 

Ontem fiz um longão de 31 km na preparação para a Maratona de Boston. Os primeiros 21 km foram passando por algumas ladeiras na zona norte do Recife e os últimos 10 km foram na Corrida das Pontes sob um sol de rachar o coco. Essa prova especial demais para mim.

IMG_1855 IMG_1857 IMG_1858

IMG_1876

IMG_1875 IMG_1860 IMG_1863 IMG_1866 IMG_1871 IMG_1850

A preparação para Boston está firme. Em 10 dias estarei viajando para realizar a prova mais significativa até então.

Foi muito difícil conseguir o índice, me planejar para a viagem e me preparar física e psicologicamente.

Correr a prova de ontem me deu um gás enorme. Passou um filme na minha cabeça. Há alguns anos eu pensava que não conseguiria correr 10 km e hoje estou me preparando para participar de uma das maratonas mais desejadas do planeta.

Sim! Qualquer um pode ir muito além do que acredita. Basta acreditar. Não é fácil pra ninguém, mas só depende de nós mesmo.

Um excelente inicio de semana para todos. ☺

1 2 3 14