Paleo, Low Carb, Maratona e Ultramaratona

Carboidrato. Muito carboidrato. Esse é o macronutriente que mais está presente na alimentação dos praticantes de atividade física, principalmente dos corredores. Acredita-se que ele seja a grande fonte de energia de que se precisa para fazer aquela corrida com todo o gás.

Mas a ciência já vem provando há décadas que esse macronutriente não é essencial, que ninguém precisa dele pra nada. E o seu consumo crônico é bastante prejudicial a saúde podendo causar obesidade, diabetes, síndrome metabólica etc.

Quando não consumimos carboidrato a gordura vira nossa fonte primária de energia, e posso assegura que é aí que as coisas ficam muito melhores. Sentimos MUITO menos fome, mais disposição, e, principalmente, o pós treino/prova é incrível. A recuperação é impressionante.

IMG_7993 IMG_7981

Em janeiro participei da maratona da Disney. Após a prova troquei de roupa e continuei passeando no Epicot com a família. É claro que o corpo estava cansado, mas não interferiu em nada no passeio.


Em março corri 50 km na chapada do Araripe. Com altimetria de quase 1.000 metros, a prova foi dificílima! Mesmo assim, após a prova tomei um banho e continuei o passeio com a família.

Para quem pratica uma dieta rica em caboidrato e o corta, é claro haverá uma crise de abstinência. É possível que a pessoa sinta tontura, dor de cabeça, enjoo, queda de performance etc. Isso é porque o corpo está dependente do açúcar na corrente sanguíena e quando paramos de fornecer o corpo continua pedindo. Segundo os médicos, essa fase pode levar até 2 semanas para o corpo se adaptar e funcionar como deve, usando a gordura como fonte de energia. Felizmente eu não senti nada, afinal eu já praticava low carb moderado.

Muitos me perguntam: como é seu pré treino? O que você consome durante as provas?

Apesar de não sentir fome nem necessidade alguma de fazer um pré treino, eu ainda consumo uma colher de sopa de óleo de coco antes de meus treinos semanais que são  entre 14 e 18 km (por treino). Nas provas e treinos longos, costumo tomar 2 colheres de sopa.

Durante as provas longas eu consumo saches de mel e também levo “carbogel” que eu mesmo faço a base de batata doce. Em breve farei um post mostrando como faço. :)

Bem, sabe aquela história que falam sobre o “paredão dos 30 km” quando corremos uma maratona? Que quando chegamos no km 30 sentimos uma fraqueza enorme, nosso corpo pesa e é aí que as coisas começam a ficar difíceis? Isso é porque a nossa energia acaba. Falo da energia de quem depende do carboidrato pra correr.

Quando li que isso só acontece com quem precisa do carboidrato, fiquei intrigado até correr minha primeira maratona praticando low carb. Depois vivenciei novamente na ultra de 50 km. É incrível como o corpo funciona melhor sem carboidrato e com mais gordura.

Mas se eu consumo pouquíssimo carboidrato devo então comer gordura? Isso mesmo! Nosso corpo precisa de gordura. Afinal, essa é a nossa fonte primária de energia e é muito mais eficaz que o carboidrato. 1 grama de gordura tem 9 calorias e 1 grama de acúcar tem 4 calorias. Não é à tôa que quem pratica low carb se sente MUITO mais disposto no dia a dia, isso é porque temos muito mais energia pra gastar. E dificilmente essa energia será armazenada em forma de gordura assim como acontece com quem consome muito caboidrato.

Apesar de praticar paleo/low carb há quase 5 meses, estou muito seguro sobre seus benefícios. A ciência vem provando há décadas dietas low carb são muito mais saudável que dietas low fat. Olha aqui: => http://www.dietdoctor.com/science

Esse post sobre low carb de atletas de elite no blog do Doutor Souto é muito bom. Veja aqui.
Vejo que muitas pessoas simpatizam mas têm certo receio de começar a praticar low carb. O que posso dizer é que a ciência prova uma coisa e as diretrizes são outra. Não é à tôa que as pessoas estão cada vez mais doentes e acima do peso mesmo consumindo pouca gordura e praticando cada vez mais atividade física.
Quando consumimos pouca gordura, naturalmente aumentamos o consumo de carboidrato e isso tem deixado as pessoas assim, mais doentes.

Pra quem quer saber mais sobre o intrigante assunto, indico assistir a essa belíssima palestra do doutro Andreas Eenfedlt. O vídeo está em inglês mas é legendado:

Indico também o livro “O nutricionista clandestino” do Danilo Balu.

Uma outra fonte excelente é o blog do Doutro Souto: www.lowcarb-paleo.com.br. Talvez ele seja o maior entusiasta brasileiro sobre o assunto. Seus posts são repletos de evidências ciêntíficas do mais alto grau.

Ambos são inquestionáveis. Afinal, são baseados na ciência.

Uso meu perfil no Insagram para compartilhar muito do meu dia a dia, o que como, receitas, treinos, provas etc. Segue lá: @andreburgos

Abaixo segue algumas fotos de minhas refeições:

Captura de tela 2016-04-22 às 16.01.18 Captura de tela 2016-04-22 às 16.01.33 Captura de tela 2016-04-22 às 16.02.20 Captura de tela 2016-04-22 às 16.02.39 Captura de tela 2016-04-22 às 16.03.07 Captura de tela 2016-04-22 às 16.04.13 Captura de tela 2016-04-22 às 16.04.42 Captura de tela 2016-04-22 às 16.05.15 Captura de tela 2016-04-22 às 16.06.00 Captura de tela 2016-04-22 às 16.06.18 Captura de tela 2016-04-22 às 16.06.38 Captura de tela 2016-04-22 às 16.06.59 Captura de tela 2016-04-22 às 16.07.39 Captura de tela 2016-04-22 às 16.08.27

Low carb é delicioso e saudável. Pode acreditar!

;)

Comentar